O que são Enterotoxinas Estafilocócicas?

 

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

As enterotoxinas estafilocócicas estão entre as causas mais comuns de intoxicação alimentar. Existem sete sorotipos clássicos de enterotoxinas, designados pelas siglas SEA, SEB, SEC, SED, SEE, SEG, SEH E SEI, produzidas principalmente por Staphylococcus aureus.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

As enterotoxinas são proteínas que são secretadas e acumuladas durante a fase exponencial do crescimento da bactéria, neste caso do Staphylococcus aureus. São altamente estáveis, resistem a muitas enzimas proteolíticas como pepsina e tripsina explicando sua atividade no sistema digestivo, e são altamente resistentes ao calor. Embora os Staphylococcus possam ser destrídos pelo calor, as toxinas apresentam estabilidade térmica, podendo assim sobreviver a altas temperaturas.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Entre os alimentos geralmente envolvidos estão as carnes, as aves, cogumelos processados, produtos lácteos, ovos e maionese, sendo o tipo de enterotoxina mais frequentemente envolvida nas intoxicações alimentares é a SEA, seguida da SED.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Os sintomas mais comuns de intoxicação alimentar estafilocócica são náuseas, vômitos, prostração aguda e cólicas abdominais, sendo que os sintomas geralmente começam 2 a 6 horas após o alimento contaminado ser consumido.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

O Ministério da Saúde, através da IN 60 de 2019, estabelece limites para Enterotoxina estafilocócica em alimentos! Você já conferiu quais alimentos devem ser analisados?

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

E você, sabia que aqui na BRQuality nós realizamos análise de Enterotoxina estafilocócica em alimentos?!

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Isso mesmo!

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Saiba mais entrando em contato com falecom@brqualityconsultoria.com.br

Search

Notícias Relacionadas