Ofício Circular 19/2020 MAPA – Maturação do queijo em embalagem secundária

Foi divulgado no dia 17.08.2020 pelo Ministério da Agricultura, um ofício circular que trata sobre a possibilidade de realizar a maturação dos queijos na embalagem secundária.

A maturação de alguns tipos de queijos nas embalagens primárias já é uma prática adotada pelos laticínios, já a maturação em embalagens secundários trouxe algumas dúvidas em relação a interferência nas trocas bioquímicas e físicas esperadas no processo de maturação. Chegou-se a conclusão de que a embalagem secundária não afetará essa interação. A maturação será igual a que ocorreria se o produto estivesse apenas na embalagem primária!

No entanto, para garantir a maturação, o produto em sua embalagem primária ou em sua embalagem secundária, deve permanecer na condições de temperatura e tempo estipulados em legislação, para que as interações ocorram conforme esperado, se a temperatura e tempo não forem respeitados, então sim a maturação será prejudicada.

Além do cuidado em garantir que a maturação seja realizada na temperatura e tempo ideal, deve-se atentar ainda para as possíveis contaminações cruzadas, ou seja, não é permitido que na sala de maturação sejam acondicionados produtos na embalagem secundária e produtos sem embalagens!

Keli Lima Neves – BRQuality Consultoria