UFJF -Trabalho sobre equipamento que detecta fraudes em leite é premiado em evento da Sociedade Brasileira de Física

Um equipamento portátil e de baixo custo destinado a testes de qualidade e detecção de fraudes em leite, desenvolvido por pesquisadores dos dois campi da Universidade Federal de Juiz de Fora, teve sua patente concedida pelo Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (Inpi).

O Milktech possibilita ao comprador verificar se houve adulteração no leite por adição de água ou de outros reconstituintes e aguardava pela concessão de patente desde novembro de 2008. Segundo Wesley Nascimento, professor do Departamento de Farmácia do campus Governador Valadares e um dos pesquisadores responsáveis pelo desenvolvimento do equipamento, é importante que a cadeia leiteira tenha novos processos eficientes para garantir a qualidade e segurança do leite. “Trata-se de um alimento importante do ponto de vista nutricional, econômico e social. Contudo, a adulteração do leite tem sido um problema muito comum, por conta da adição de substâncias como água, cloreto de sódio, soda cáustica, formaldeído e assim por diante, que podem aumentar o volume, mascarar ou preservar as propriedades do leite como ponto crioscópico, acidez e Ph.”

De acordo com Wesley Nascimento, a praticidade e portabilidade do Milktech tem atraído a indústria por permitir que as análises sejam feitas em “campo” no momento do carregamento dos caminhões. Desta maneira são reduzidos os gastos desnecessários com leites que estejam eventualmente fora dos padrões de originalidade. O equipamento foi licenciado e atualmente é comercializado pela empresa B&A Inovação e Tecnologia.

Premiação Sociedade Brasileira de Física

Seguindo esta linha, o trabalho desenvolvido juntamente com os pesquisadores Maria José Valenzuela Bell e Virgílio de Carvalho dos Anjos, do Departamento de Física da UFJF e intitulado “Results of equipment portable developed for quality control and detection of milk adulterations”,  foi premiado como o melhor painel da área temática “Inovação em Física e Empreendedorismo”, durante o Encontro de Outono da Sociedade Brasileira de Física (SBF) 2018, realizado em maio na cidade de Foz do Iguaçu.

 

Fonte: http://www.ufjf.br/noticias/2018/06/12/trabalho-sobre-equipamento-que-detecta-fraudes-em-leite-e-premiado-em-evento-da-sociedade-brasileira-de-fisica/

Imagem: http://g1.globo.com/mg/zona-da-mata/