Você lava o frango? Veja 6 erros na cozinha que colocam em risco sua saúde

 

1. Lavar o frango

Se você “passa” uma água no frango para tirar as bactérias, saiba que isso não ocorre. E ao colocar a ave crua embaixo da torneira há risco de contaminar tudo o que está por perto. A água que bate no frango pode respingar nos pratos, talheres e outros alimentos na pia, enchendo-os de germes. O melhor jeito de acabar com bactérias de qualquer carne é simples: cozinhá-la (ou assá-la, fritá-la…)!

2. Descongelar e congelar a carne

Uma vez que foi tirada do freezer, a carne crua não deve voltar para ele. Quando o bife fica em temperatura ambiente (ou até na geladeira), os micro-organismo presentes nele começam a se multiplicar mais rapidamente. Aí, pode ser perigo congelar novamente um alimento altamente contaminado. Então, mande a carne para o fogo e acabe com essas bactérias.

3. Não higienizar a esponja

Um estudo encontrou mais de 680 milhões de fungos e bactérias em uma esponja, e só lavá-la com água e sabão não elimina totalmente os germes. Uma forma simples de fazer isso é colocá-la (todos os dias) no micro-ondas por dois minutos, dentro de um recipiente com água. Você também pode deixá-la por 10 minutos em uma solução com 2 colheres (sopa) de água sanitária e 1 litro de água.

4. Ovo na porta da geladeira

A porta é o compartimento da geladeira em que há maior oscilação de temperatura –devido ao abre e fecha. Essa variação é perfeita para a proliferação de bactérias em alimentos como ovo, queijo, iogurtes e carnes. Portanto, deixe essas comidas em áreas bem refrigeradas e guarde na porta somente coisas com baixo risco de contaminação, como água, sucos, condimentos e frutas.

5. Lavar a salada com vinagre

O vinagre possui um grau de acidez fraco (por isso é comestível). Portanto, o produto não é capaz de eliminar bactérias de verduras, legumes e frutas –se fosse, bastava temperar a salada, não seria preciso lavá-la. Para acabar com os germes, é preciso deixar os alimentos consumidos crus por 10 a 15 minutos em uma solução com 1 colher (sopa) de hipoclorito de sódio e 1 litro de água.

6. Não higienizar a tábua

Os pequenos cortes que surgem na tábua de madeira (ou de plástico) com seu são um “esconderijo” perfeito para bactérias –como as presentes na carne crua. Aí, ao cortar um alimento cozido ou que é consumido cru na tábua, você pode contaminá-lo. O ideal é lavar bem a tábua e deixá-la cinco minutos em uma solução com 1 litro de água e 1 colher (sopa) de água sanitária. Ou usar uma tábua de vidro.

FONTE: https://vivabem.uol.com.br/album/2019/03/17/voce-lava-o-frango-veja-6-erros-na-cozinha-que-colocam-em-risco-sua-saude.htm?foto=6