Anvisa suspende lotes de vegetais congelados importados por contaminação com Listeria Monocytogenes

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu nesta quinta-feira (23) a distribuição e a venda em todo o país de uma série de lotes de vegetais congelados importados da Europa, ligados a casos de contaminação pela bactéria Listeria monocytogenes. A decisão foi publicada no Diário Oficial.

As empresas deverão recolher os estoques disponíveis no mercado.

Os produtos, que foram importados da Europa por diferentes empresas, apresentaram contaminação pela bactéria Listeria monocytogenes

A medida foi tomada após uma notificação da International Network of Food Safety Authorities, da Organização Mundial da Saúde (OMS). Segundo o órgão, 47 casos da doença foram identificados em cinco países europeus nos últimos anos, além de um na Austrália, que estariam ligados ao problema. Através de sequenciamento de genoma, a origem do surto foi identificada em uma fábrica de processamento de vegetais na Hungria pertencente à Greenyard.

Um recall de todos os vegetais congelados produzidos desde agosto de 2016 nessa fábrica foi colocado em prática no final de junho de 2018. Os produtos alvo do recall foram exportados a mais de cem países, ainda de acordo com a OMS.

A bactéria provoca a listeriose, que abrange diversos quadros de gastroenterites. As pessoas afetadas desenvolvem febre e dores musculares, às vezes precedidas de diarreia e outros sintomas gastrointestinais. No caso das gestantes, as complicações podem até levar à morte do feto. Para pessoas com o sistema imunológico debilitado, pode provocar septicemia (infecção grave) e meningite. A bactéria é resistente aos efeitos do congelamento, secagem e calor, sendo as infecções por consumo de alimento as mais comuns.

Confira no site da Anvisa as marcas e lotes de produtos que devem ser recolhidos do mercado. 
Fonte: adaptação http://bit.do/evmbT