Doenças de transmissão hídrica e alimentar – DTHA

Por: Keli Lima Neves

Sempre ouvimos falar em DTA, mas, você sabia que na verdade deveríamos usar a sigla DTHA?

Sim, a ANVISA traz essa sigla para se referir as doenças ocasionadas pela ingestão de alimentos ou água contaminados.

Existem mais de 250 tipos de DTHA no mundo, e elas podem ser causadas por bactérias e suas toxinas, vírus, parasitas intestinais ou substâncias químicas. As pessoas que ingerem alimentos contaminados podem ter diferentes sintomas.

É importante que, sempre que você tiver algum desconforto e que acredite estar associado a alimentos, procure o atendimento médico e relate a situação.  Para ser tratado como um surto, é necessário que duas ou mais pessoas apresentem doenças ou sinais e sintomas semelhantes após ingerirem os mesmos alimentos ou água de mesma origem. Para doenças de alta gravidade, como Botulismo Cólera, a confirmação de apenas um caso já é considerado surto.

Os alimentos contaminados podem desencadear:

Infecção: quando o alimento está contaminado com o microrganismo na sua forma vegetativa e o microrganismo causa a infecção no consumidor.

Intoxicação: quando uma pessoa ingere um alimento contaminado com uma substância tóxica, incluindo: toxinas produzidas por microrganismos, bem como as toxinas naturais como por exemplo, cogumelos venenosos, toxinas de algas e peixes ou por produtos químicos prejudiciais que contaminaram o alimento, como chumbo e agrotóxicos.

Toxinfecação: quando o indivíduo consome um alimento contaminado com o microrganismo e esse libera a toxina direto no organismo da pessoa que consumiu o alimento contaminado.

Situação Epidemiológica

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que 600 milhões de pessoas – quase 1 em cada 10 pessoas no mundo – adoecem e 420.000 morrem todos os anos devido às DTHA, resultando na perda de 33 milhões de anos de vida saudáveis. As crianças menores de 5 anos, carregam 40% da carga de DTHA, com 125.000 mortes a cada ano

O Centers for Disease Control and Prevention (CDC), centro de vigilância de doenças dos Estados Unidos, estima que 48 milhões de pessoas adoecem anualmente, 128 mil são hospitalizadas e 3 mil morrem anualmente devido a essas doenças.

No Brasil, no período de 2007 a 2020, foram notificados, por ano, uma média de 662 surtos de DTHA, com o envolvimento de 156.691 doentes (média de 17 doentes/surto), 22.205 hospitalizados e 152 óbitos.

Você já viu que aqui o blog do SEMEAR nós temos um espaço para você contar as situações que você já vivenciou com alimentos contaminados? O objetivo é compartilhar situações e tirar dúvidas! Se você tiver alguma dúvida sobre DTHA, não deixe de enviar e tentarmos lhe ajudar!

Search

Artigos Relacionadas

Exemplos de APPCC para Carnes

Por: Keli Lima Neves Em todos os meus treinamentos sobre APPCC, sempre deixo claro que não há uma receita para construção do Sistema de APPCC.

Agenda ANVISA 2024-2025

Por: Keli Lima Neves Para você se preparar com os temas que serão trabalhados pela ANVISA em 2024 e que podem trazer alterações nas práticas

A BRQuality é uma empresa focada em desenvolver soluções criativas junto aos seus clientes, oferecendo treinamentos e consultorias personalizados, desmistificando e descomplicando o que parece difícil, deixando as equipes preparadas para dar continuidade nos programas e entender sua interação na cadeia de alimentos de forma responsável.