O papel das embalagens na segurança dos alimentos

A segurança, boas práticas de higiene e conservação dos alimentos é algo indispensável aos produtores de alimentos. E a embalagem participa desse processo, pois, além de ser um meio de comunicação importante da marca, estando associada à decisão de compra, é responsável por aumentar a proteção e a vida útil do produto.

A embalagem de alimentos está relacionada a vários pontos. Oferece proteção durante o transporte e auxilia na logística, pois os produtos precisam sair da fábrica, ser transportados, passar pelo estoque e chegar à mesa do consumidor, mantendo toda a qualidade do consumidor. A embalagem também desempenha um papel na logística: códigos de barras e códigos QR podem servir como meio de comunicação com os funcionários. Para que produtos alimentícios vencidos possam ser facilmente encontrados, evitando que cheguem ao consumidor final.

Saiba também mais sobre rotulagem clicando aqui.

Alimento seguro para os consumidores

É responsabilidade de todos os produtores de alimentos fornecer alimentos seguros por meio de uma cadeia produtiva adequada com o conceito de Boas Práticas de Fabricação e uso de matéria-prima de qualidade. Dessa maneira, todo o processamento dos alimentos precisa conter padrões sanitários, para que se desenvolva um alimento seguro para os consumidores. Fatores como funcionários bem capacitados, processamento adequado, ingredientes de qualidade, acondicionamento dos produtos em embalagens apropriadas e armazenamento correto resulta em um produto com maior valor agregado.

Cada embalagem serve a diferentes necessidades. Na indústria alimentícia, existem muitas possibilidades:

  • vidro: ajuda na estética e permite expor o conteúdo. É uma boa escolha para líquidos e produtos pastosos. Exemplos são conservas, molhos e temperos. No entanto, é preciso considerar a logística no transporte, já que é um material mais sensível;
  • plástico: facilita a logística e proporciona um custo mais acessível ao consumidor, mas não atende às regras de sustentabilidade ambiental;
  • alumínio: conserva da luz, umidade e odor. Porém, não permite que o consumidor veja o seu conteúdo;
  • isopor: é impermeável e se mostra como ótima barreira contra microrganismos. É útil para transportar e armazenar alimentos frescos, conservando a temperatura por mais tempo; aço: proporciona proteção e isolamento do meio externo, podendo ser usado para sucos concentrados e vegetais, por exemplo;
  • papelão ondulado: é bom para o transporte e atende a diferentes categorias de produtos.

A conservação dos alimentos é uma das grandes preocupações da humanidade. A embalagem precisa reduzir riscos relacionados ao contato com agentes infecciosos, variação de temperatura e transformação química. Também chama a atenção para o risco de provocar alergias a partir da contaminação cruzada, o que pode acontecer com o contato físico com outras substâncias.

O que deve ser considerado ao escolher a embalagem alimentícia?

  • Para analisar as características do alimento é necessário garantir a segurança do alimento, portanto, verificar se a embalagem é adequada às características como estado físico e necessidade de conservação do produto. Nesse sentido, é fundamental saber por qual meio de transporte e áreas ele passará. Por exemplo, aquecimento e resfriamento podem exigir investimentos diferentes. Além disso, é necessário avaliar o prazo de validade, e se o alimento já apresentar propriedades perecíveis, pode não valer a pena o investimento e a tecnologia de preservação.
  • Observe as necessidades do público, nesse sentido, é preciso conhecer necessidades, motivações e preferências. O consumidor principal tem algum tipo de alergia? Ele se preocupa com questões ambientais? Precisa ver informações no rótulo? E como ficará o custo final do produto? Outro ponto é compreender a compatibilidade com o mercado. Ao decidir trabalhar com um material específico, é necessário descobrir se existe cultura de consumo ou, pelo menos, algum nível de aceitabilidade. Pesquisas de mercado podem dar uma boa resposta.
  • Planeje sempre, é primordial planejar o design da embalagem, pensando em formatos, cores, praticidade e como ela poderá influenciar o marketing, a comunicação e a decisão de compra. Considerar a segurança dos alimentos ao escolher as embalagens deve estar entre as principais preocupações das empresas.

Fonte: Signals 

Search

Artigos Relacionadas

Exemplos de APPCC para Carnes

Por: Keli Lima Neves Em todos os meus treinamentos sobre APPCC, sempre deixo claro que não há uma receita para construção do Sistema de APPCC.

Agenda ANVISA 2024-2025

Por: Keli Lima Neves Para você se preparar com os temas que serão trabalhados pela ANVISA em 2024 e que podem trazer alterações nas práticas

A BRQuality é uma empresa focada em desenvolver soluções criativas junto aos seus clientes, oferecendo treinamentos e consultorias personalizados, desmistificando e descomplicando o que parece difícil, deixando as equipes preparadas para dar continuidade nos programas e entender sua interação na cadeia de alimentos de forma responsável.