Orientação provisória para empresas e gestores planejarem e responderem ao coronavírus (COVID-19)

Esta orientação provisória é baseada nos dados atuais sobre o coronavírus (COVID-19). COVID-19 é uma doença respiratória que pode ser transmitida de pessoa para pessoa. O surto começou na China, mas o vírus continua se espalhando mundialmente. Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) atualizarão esta orientação provisória à medida que informações adicionais estiverem disponíveis.

As orientações provisórias a seguir podem ajudar a evitar exposições ao COVID-19 no local de trabalho, em ambientes que não sejam de saúde (o CDC forneceu orientações separadas para os serviços de saúde). Essas orientações também fornecem considerações de planejamento para a disseminação comunitária do COVID-19.

Para evitar estigma e discriminação no local de trabalho, use apenas as orientações descritas abaixo para determinar o risco de infecção por COVID-19. Não faça determinações de risco com base na raça ou país de origem e mantenha a confidencialidade das pessoas infectadas por coronavírus. Há muito mais para aprender sobre a transmissão, gravidade e outros recursos do COVID-19 e as investigações estão em andamento. As atualizações estão disponíveis na página do CDC.

 

Preparando locais de trabalho para um surto de COVID-19

Empresas e gestores podem impedir e retardar a propagação do COVID-19. Os gestores devem planejar uma ação flexível a níveis variados de transmissão da doença na comunidade e estar preparados para refinar seus planos de ações aos negócios, conforme necessário. De acordo com a Administração de Segurança e Saúde Ocupacional (OSHA), a maioria dos trabalhadores provavelmente experimentarão níveis de baixo ou médio risco de exposição em seu trabalho ou local de trabalho (consulte as orientações da OSHA para obter mais informações sobre classificações de risco no trabalho).

As empresas deverão planejar em conjunto com as decisões dos representantes estaduais e municipais da saúde para que informações oportunas e precisas possam orientar ações apropriadas. As condições locais influenciarão as decisões tomadas pelas autoridades de saúde pública em relação às estratégias municipais. O CDC tem orientações para estratégias de acordo com o nível de transmissão ou impacto do COVID-19.

Todos os gestores precisam considerar a melhor forma de diminuir a propagação do COVID-19 e diminuir o impacto em seu local de trabalho. Isso pode incluir atividades em uma ou mais das seguintes áreas:

  1. reduzir a transmissão entre funcionários;
  2. manter operações comerciais saudáveis;
  3. manter um ambiente de trabalho saudável.

 

Reduzir a transmissão entre funcionários

Incentive os colaboradores doentes a ficarem em casa:

  • Os colaboradores que apresentam sintomas (febre, tosse ou falta de ar) devem notificar seu supervisor e ficar em casa.

 

Identifique onde e como os trabalhadores podem ser expostos ao COVID-19 no trabalho:

  • Acesse a página da OSHA COVID-19 para obter mais informações sobre como proteger os trabalhadores contra exposições potenciais e orientações para os gestores, incluindo etapas a serem adotadas para trabalhos de acordo com o risco de exposição.
  • Esteja ciente de que alguns colaboradores podem estar em maior risco de contágio, como idosos e pessoas com doenças crônicas. Considere minimizar o contato pessoal entre esses colaboradores ou atribuir tarefas de trabalho que lhes permitam manter uma distância de um metro e meio de outros colaboradores, clientes e visitantes, ou ainda se possível, trabalharem em casa.

 

Colaboradores doentes devem ser separados:

  • Os colaboradores que apresentarem sintomas (febre, tosse ou falta de ar) ao chegar no trabalho ou durante o dia devem ser imediatamente separados de outros funcionários, clientes e visitantes e encaminhados para casa.
  • Se for confirmado que um colaborador esteja com COVID-19, os gestores devem informar seus colegas sobre sua possível exposição ao COVID-19 no local de trabalho. Os colegas de trabalho devem então monitorar-se em busca de sintomas (febre, tosse ou falta de ar).

 

Informe os colaboradores sobre como eles podem reduzir a disseminação do COVID-19:

  • Os colaboradores podem tomar medidas para se protegerem no trabalho e em casa. Pessoas idosas e pessoas com com doenças crônicas graves correm maior risco de complicações .
  • Siga as políticas e procedimentos de seu gestor relacionados a doenças, limpeza e desinfecção, reuniões de trabalho e viagens.
  • Fique em casa se estiver doente, exceto para obter assistência médica. Aprenda o que fazer se estiver doente.
  • Informe seu supervisor se você tiver um familiar doente em casa com o COVID-19. Aprenda o que fazer se alguém em sua casa estiver doente .
  • Lave as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Use álcool em gel com pelo menos 60% de álcool, se não for possível lavar as mãos com água e sabão.
  • Evite tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Cubra a boca e o nariz com um lenço de papel quando tossir ou espirrar, ou use a parte interna do cotovelo. Jogue lenços usados ​​no lixo e lave imediatamente as mãos com água e sabão. Se não houver água e sabão, use álcool em gel com pelo menos 60% de álcool. Saiba mais sobre boas maneiras de tossir e espirrar no site do CDC.
  • Limpe e desinfete objetos e superfícies tocados com frequência, como mesas de trabalho, teclados, telefones, corrimão e maçanetas. As superfícies sujas podem ser limpas com água e sabão antes da desinfecção. Para desinfetar, use produtos que atendam aos critérios da EPA para uso contra SARS-CoV-2 (a causa do COVID-19) e são apropriados para a superfície.
  • Evite usar telefones, mesas, escritórios ou outras ferramentas e equipamentos de trabalho de outros colaboradores, quando possível. Se necessário, limpe e desinfete-os antes e após o uso.
  • Pratique o distanciamento social, evitando aglomerações e mantendo distância (aproximadamente 2 metros) dos outros, quando possível.

 

Manter operações comerciais saudáveis

Identificar um coordenador do local de trabalho que será responsável pelos problemas do COVID-19 e seu impacto no local de trabalho.

Implementar licenças médicas flexíveis e políticas e práticas de apoio

Avaliar suas funções essenciais e a confiança que outras pessoas e a comunidade têm em seus serviços ou produtos.

  • Esteja preparado para alterar suas práticas de negócios, se necessário, para manter operações críticas.
  • Identifique cadeias de suprimentos alternativas para bens e serviços críticos. Alguns produtos e serviços podem estar em alta demanda ou indisponíveis.
  • Converse com prestadores de serviços ou colaboradores temporários sobre a importância dos infectados ficarem em casa.
  • Converse com parceiros de negócios sobre seus planos de ação. Compartilhe as melhores práticas com outras empresas de suas comunidades (especialmente as de sua cadeia de suprimentos), comércio e associações para melhorar os esforços de resposta da comunidade.

 

Determine como você operará se o absenteísmo aumentar com o aumento de colaboradores doentes, aqueles que ficam em casa para cuidar de familiares doentes e aqueles que precisam ficar em casa para cuidar de seus filhos.

  • Planeje monitorar e responder ao absenteísmo no local de trabalho.
  • Implemente planos para continuar suas funções essenciais de negócios, caso você sofra absentismo superior ao normal.
  • Prepare-se para instituir locais de trabalho flexíveis.
  • Treine os colaboradores para desempenhar funções essenciais para que o local de trabalho possa operar mesmo que os supervisores estejam ausentes.

 

Considere estabelecer políticas e práticas para o distanciamento social. O distanciamento social deve ser implementado se recomendado pelas autoridades de saúde estaduais e locais. Distanciamento social significa evitar aglomerações e manter distância (aproximadamente 2 metros) dos outros quando possível (por exemplo, refeitórios e lanchonetes). As estratégias que os negócios podem usar incluem:

  • Implementação de locais de trabalho flexíveis (por exemplo, home office)
  • Implementação horários flexíveis de trabalho (por exemplo, turnos escalonados)
  • Aumentar o espaço físico entre os colaboradores no local de trabalho
  • Aumentar o espaço físico entre colaboradores e clientes
  • Implementar opções flexíveis de reuniões e viagens (por exemplo, adiar reuniões ou eventos não essenciais)
  • Operações de redução de tamanho
  • Entrega remota de serviços (por exemplo, telefone, vídeo ou web)
  • Entrega de produtos por meio de coleta ou entrega na calçada

 

Os gestores com mais de um local de negócios são incentivados a fornecer aos gerentes locais a autoridade para tomar as ações apropriadas descritas em seu plano de resposta COVID-19 com base nas condições locais.

 

Manter um ambiente de trabalho saudável

Considere melhorar os controles de engenharia usando o sistema de ventilação do edifício. Isso pode incluir algumas ou todas as seguintes atividades:

  • Aumente as taxas de ventilação.
  • Aumente a porcentagem de ar externo que circula no sistema.

 

Apoie a etiqueta respiratória e a higiene das mãos de funcionários, clientes e visitantes do local de trabalho:

  • Forneça tecidos e recipientes para descarte sem contato.
  • Forneça água e sabão no local de trabalho. Se sabão e água não estiverem prontamente disponíveis, use álcool em gel que tenha pelo menos 60% de álcool. Verifique se os suprimentos adequados são mantidos.
  • Coloque álcool em gel para as mãos em vários locais para incentivar a higiene das mãos.
  • Coloque cartazes que incentivem a higiene das mãos para ajudar a interromper a propagação na entrada do seu local de trabalho e em outras áreas do local de trabalho onde serão vistos.
  • Evitar o aperto de mão – incentive o uso de outros métodos de cumprimento sem contato físico.
  • Instruir os colaboradores quanto as boas maneiras de tossir e espirrar e de lavar as mãos.

 

Execute a limpeza e desinfecção ambiental de rotina:

  • Rotineiramente limpe e desinfete todas as superfícies tocadas com frequência no local de trabalho, como mesas de trabalho, teclados, telefones, corrimãos e maçanetas.

 

Realize limpeza e desinfecção aprimoradas depois que pessoas suspeitas/confirmadas de COVID-19 estiverem na instalação:

 

Aconselhe os funcionários antes de viajar a tomarem preparativos adicionais:

  • Consulte as Notificações de Saúde do Viajante do CDC para obter as orientações e recomendações mais recentes para cada país para o qual você viajará.
  • Aconselhe os colaboradores a verificarem se há sintomas  de COVID-19 (febre, tosse ou falta de ar) antes de iniciar a viagem e notifiquem o supervisor e fiquem em casa se estiverem doentes.
  • Certifique-se de que os colaboradores que ficam doentes durante a viagem compreendam que devem notificar seu supervisor e ligar imediatamente para um médico para aconselhamento, se necessário.

Tome cuidado ao participar de reuniões:

  • Considere com cuidado se a viagem é necessária.
  • Considere usar videoconferência ou teleconferência quando possível para reuniões e encontros relacionados ao trabalho.
  • Considere cancelar, ajustar ou adiar grandes reuniões ou encontros relacionados ao trabalho que só podem ocorrer pessoalmente.
  • Quando a videoconferência ou teleconferência não for possível, realize reuniões em espaços abertos e bem ventilados.

 

Texto adaptado.

Por: BRQuality

Link notícia original: https://bit.ly/2XcjXJ4