RECOMENDAÇÕES PARA PREVENÇÃO DO CÂNCER

Por: Renata Lima

Especialistas do mundo inteiro se reúnem, estudam e montam as recomendações. Pesquisas relacionadas ao tratamento do câncer são continuamente atualizadas seguindo um fluxo de revisões e análises para que as conclusões sejam publicadas e fundamentem as intervenções individuais e coletivas.

Recomendações do INCA e Sociedade Brasileira de Nutrição Oncológica baseadas no World Cancer Research Fund e American Institute for Cancer Research:

1 – Ter um peso saudável, evitar acúmulo de gordura na região abdominal

2 – Ser fisicamente ativo

3 – Consumir uma alimentação rica em cereais integrais, vegetais, frutas, leguminosas – Mínimo 5 porções por dia de frutas e vegetais

4 – Limitar o consumo de fast food e outros processados ricos em gorduras, amidos e açúcares

5 – Limitar o consumo de carne vermelha (até 3 porções/ semana) e evitar carne processada

6 – Limitar o consumo de bebidas açucaradas

7 – Limitar o consumo de bebidas alcoólicas

8 – Não usar suplementos para prevenção do câncer, atender as necessidades nutricionais com a alimentação

9 – Para as mães: amamentar o bebê, se possível – prevenção do câncer de mama para as mães e obesidade em crianças

10 – Todos os sobreviventes do câncer devem seguir essas recomendações de prevenção, receber cuidados nutricionais e praticar atividade física sempre que possível.


Fonte:

Diet, Nutrition, phisical activity and câncer: a global perspective

World Cancer Research Fund; American Institute for Cancer Research

Search

Artigos Relacionadas

Exemplos de APPCC para Carnes

Por: Keli Lima Neves Em todos os meus treinamentos sobre APPCC, sempre deixo claro que não há uma receita para construção do Sistema de APPCC.

Agenda ANVISA 2024-2025

Por: Keli Lima Neves Para você se preparar com os temas que serão trabalhados pela ANVISA em 2024 e que podem trazer alterações nas práticas

A BRQuality é uma empresa focada em desenvolver soluções criativas junto aos seus clientes, oferecendo treinamentos e consultorias personalizados, desmistificando e descomplicando o que parece difícil, deixando as equipes preparadas para dar continuidade nos programas e entender sua interação na cadeia de alimentos de forma responsável.